terça-feira, 20 de setembro de 2016

Cantorias de Jardim




Cantorias de Jardim enlaça poeticamente um ramalhete de flores através de poemas inspirados na poesia oral do folclore. O narrador poético conversa com as flores ( rosa, cravo, lírio, amor-perfeito, margarida, jasmim, miosótis e demais flores do feixe poético) , conta seus segredos e magias e, por vezes, chama o leitor para participar da cena poética, ora ofertando-lhe a flor homenageada, ora propondo um jogo de adivinhação, ora advertindo-o para perceber a flor, tal como faziam os cantores peregrinos e singelos de outrora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário